AUTORIZADO! Concurso da Guarda Municipal de Cariacica

Tempo de leitura: 6 minutos

Está definido! Após o processo  de criação e aprovação do projeto de lei que autoriza a realização do concurso da Guarda Municipal de Cariacica, foi sancionado pelo prefeito Juninho (PPS) o concurso da Guarda de Cariacica (ES).

Concurso da guarda municipal de Cariacica.
Concurso da Prefeitura de Cariacica

O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), foi escolhido como a banca organizadora da seleção. Já o extrato do contrato foi divulgado no Diário Oficial da União na última quinta-feira, 28.

👮‍♂️ Material para a preparação para  Concursos Públicos

De acordo com o documento que oficializa a banca, o certame terá vigência de 12 meses, contados a partir da publicação dos resultados da seleção. Entretanto, ainda não foi definida uma data oficial para que o edital com as regras do concurso seja publicado, mas a previsão é de que o certame venha à público no início de 2020 e que as provas ocorram até março.

Concurso de Cariacica terá 100 vagas

Inicialmente, o concurso da Guarda Municipal de Cariacica previa a abertura de 100 vagas sendo 50 para a contratação imediata e 50 para a formação de cadastro reserva (CRV).

No entanto, esse numero pode dobrar já que a prefeitura manifestou a intenção de ampliar o número de contratações para atender as demandas de segurança da cidade.

Vale ressaltar que a expectativa inicial é de que todos os agentes concursados iniciem as atividades até o final do próximo ano.

Requisitos para concorrer as vagas

Um dos pontos principais para ingressar na  carreira da Guarda Municipal é ser aprovado no concurso público, por meio da realização das provas classificatórias do certame, mas para que isso ocorra os candidatos devem atender aos seguintes pré-requisitos.

  • I – Ser brasileiro;
  • II – Possuir, no mínimo, o ensino médio completo comprovado por meio de diploma ou histórico escolar emitido por uma instituição de ensino reconhecida pelo MEC;
  • III – Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares;
  • IV – Ter sanidade física e mental;
  • V – Ser aprovado no exame de aptidão psicológica para uso de arma de fogo;
  • VI – Ter aptidão física;
  • VII – Possuir idoneidade moral;
  • VIII – Ser aprovado em exame antidoping;
  • IX – Ser aprovado no curso de formação;
  • X – Possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir no mínimo na categoria “AB”
ETAPAS DO CONCURSOEVENTOS REALIZADOS NAS ETAPAS
1ª ETAPAAprovação na prova objetiva, de caráter classificatório/eliminatório.
2ª ETAPAAprovação em prova de capacidade física, de caráter eliminatório.
3ª ETAPAAprovação em avaliação psicológica, de caráter eliminatório.
4ª ETAPAAprovação em exames médicos, inclusive, toxicológico, de caráter eliminatório.
5ª ETAPAAprovação em investigação de conduta social, de caráter eliminatório.
6ª ETAPAAprovação em curso intensivo de formação e capacidade física, presencial e em

Guarda Municipal de Cariacica: Atribuições do cargo

Conheça a lista descritiva com as principais atividades que deveram ser realizadas pela Guarda Municipal da Prefeitura de Cariacica. 

I – Proteger os próprios munícipes, os órgãos, as entidades, os serviços e o patrimônio do Município de Cariacica;

II – garantir a preservação da segurança e da ordem pública nos bens e eventos públicos sob sua responsabilidade;

III – prestar serviços de vigilância nos órgãos da Administração Direta e nas entidades da Administração Indireta do Município;

IV – atuar de forma preventiva nas áreas de sua circunscrição, onde se presuma ser possível a quebra da situação de normalidade;

V – atuar com prudência, firmeza e efetividade na sua área de responsabilidade, visando o restabelecimento da situação de normalidade, precedendo eventual emprego da Força Pública Estadual;

VI – manter relacionamento urbano e harmônico com as instituições que compõem o Sistema de Defesa Social, promovendo o intercâmbio e a colaboração recíprocos;

VII – proteger, quando necessário e onde se encontrarem na circunscrição do Município, as autoridades municipais;

VIII – colaborar com o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Secretaria de Segurança Pública Estadual e demais Secretarias Municipais, especialmente no que tange à garantia da lei e da ordem pública;

IX – exercitar, com plenitude, a legítima defesa tipificada no artigo 25 do Código Penal Brasileiro, podendo o Guarda Municipal, desenvolver as seguintes atividades:

  • a) conduzir quem seja encontrado em flagrante delito, nos exatos termos dos artigos 301, 302 e 303 do Código de Processo Penal, combinados com o inciso LXI do artigo 5°, da Constituição Federal;
  • b) agir em legítima defesa do direito seu ou de outrem, em defesa dos direitos assegurados pela Constituição Federal;

X – planejar, coordenar e implementar ações de interação com os cidadãos, escolas, órgãos públicos e entidades da sociedade civil;

XI – exercer atividade de orientação e proteção dos agentes públicos e aos usuários dos serviços públicos municipais;

XII – sempre que necessário, atuar na operação de sistemas de videomonitoramento, monitoramento e vigilância em vias públicas;

XIII – interagir com os setores de fiscalização municipal, apoiando-os no exercício do poder de polícia administrativa para cessar atividades que violem normas de postura, saúde, sossego, higiene, funcionalidade, estética, moralidade e outras do interesse da coletividade;

XIV – orientar e promover campanhas educativas dentro de suas competências;

XV – auxiliar nas ações de Defesa Civil, sempre que requerido pelo órgão competente e quando estiverem em risco vidas, bens, serviços e instalações municipais e, em outras situações, a critério do Chefe do Executivo Municipal;

XVI – auxiliar no planejamento, na coordenação e na implementação das atividades de prevenção e combate a incêndios no próprio município, como medida de primeiro esforço, antecedendo à atuação do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo;

XVII – oferecer apoio ao monitoramento permanente das áreas com risco de desastre, com promoção de campanhas educativas, orientação e regulamentação de procedimentos visando à prevenção, bem como socorrendo e assistindo às populações atingidas por desastres;

XVIII – participar, em apoio, de projetos e programas de educação e segurança de trânsito, de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN);

 XIX – assegurar que suas ações estejam fundamentadas no respeito à dignidade humana, à cidadania, à justiça, à legalidade democrática, à coisa pública e aos direitos humanos;

XX – manter seus planos e ordens permanentemente atualizados, de forma a garantir sempre a qualidade de seus serviços;

XXI – promover a realização de cursos, treinamentos, seleções, seminários e outros eventos, visando ao constante aperfeiçoamento, qualificação e promoção de seus integrantes;

XXII – participar de programas e projetos de prevenção à violência e à criminalidade, promovendo e atuando junto a campanhas educacionais, inclusive;

XXIII – VETADO;

XXIV – praticar demais atos pertinentes às atribuições que lhe forem outorgadas ou delegadas pelo Chefe do Poder Executivo. Parágrafo único.

Estude Online e Garanta a Vaga no Concurso dos Seus Sonhos

Resumo sobre o Concurso de Cariacica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *