Bolsonaro sanciona lei orçamentária, estima-se mais de 40 mil vagas em concursos!

Tempo de leitura: 1 minuto

A partir do dia primeiro de janeiro, o presidente eleito, Jair Bolsonaro começou o seu primeiro mandato na presidência do Brasil.

Apesar de estarmos no início do governo Bolsonaro, algumas atos já foram criados, como a sanção a respeito dos concursos públicos que explicamos ao decorrer do texto.

Antes da leitura, vamos entender alguns conceitos para que possamos entender melhor como funciona na decisão tomada por nosso presidente.

Quando se diz “sanção”, podemos entender da seguinte forma, ato de aprovação de algo por vias formais”. Diante disso, Bolsonaro de o aval necessário para que lei orçamentária referente aos cargos públicos pudesse ser aprovada.

Sendo assim, podemos esperar mais concursos ao longo do ano, uma vez que 2018 fechou tendo 20.298 concursos, já para 2019, são esperados 40.632 (20 mil vagas a mais do que o ano passado).

É importante lembrar que antes mesmo de assumir o governo, já haviam 140 pedidos para órgãos federais, segundo uma matéria do jornal Metrópoles.  Com isso, estima-se que concursos como o INSS 2019 e muitos outros venham ser liberados.

A sanção teve alguns vetos, entre eles  à reestruturação das carreiras do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), que segundo o presidente o aumento da remuneração junto da alteração da estrutura de carreiras infringe a Constituição Federal.

Estima-se que com essa aprovação, venham ser liberadas mais de 40 mil vagas em cargos públicos, tendo oportunidades para todos os cargos e níveis!

Em nosso blog já falamos de alguns concursos que estão previstos para 2019, além dos concursos que já estão em andamento (como o Concurso PC ES, Concurso CFO PM MG, entre outros).

Diante disso, o Monster Concursos te deixa por dentro de tudo que deixe mais próximo da sua aprovação. Caso queira entrar em contato com nossa equipe e bater um bate-papo, não se acanhe, você consegue nos achar nas seguintes redes sociais: Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *