Governo do Espírito Santo anuncia abertura de concurso para saúde, educação e política

Tempo de leitura: 2 minutos

O governo do Espírito Santo (ES) vai fazer concursos em 2020, para as áreas de educação, saúde, polícias militar e civil e bombeiros.

A notícia foi anunciada pelo secretário estadual de planejamento, Álvaro Duboc, durante o anúncio do Projeto de Lei Orçamentária de 2020, encaminhado para votação na Assembleia Legislativa.

Entenda a situação do certame

 Quer conquistar a aprovação no concurso dos seus sonhos?

Monster Concurso N° 1 em Aprovação!

Estude com quem mais entende do assunto 

De acordo com o secretário Álvaro Duboc, o certame vai ocorrer para repor postos de servidores que se aposentam este ano, ou seja, os concursos previstos não têm a finalidade de aumentar o número de vagas, mas sim, fazer a manutenção dos postos de serviços já existentes.

Confira mais oportunidades previstas 

Além dos postos de serviços previstos para as áreas de educação, saúde, polícias militar e civil e bombeiros, também estão previstas seleções para os cargos de:

  • Secretarias de Justiça
  • Recursos Humanos
  • Instituto de Tecnologia da Informação
  • Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest).

Os números de vagas para o certame, ainda não foram definidas, mas a diversidade de áreas anunciadas, certamente será um diferencial, pois as áreas previstas atendem a diversos perfis de concurseiros e concurseiras.

Por que estão contratando novos servidores no Espírito Santo?

Pode parecer inusitado, mas a demanda por novos profissionais surgiu em função da reforma da previdência, essa foi a tese apresentada pelo secretário Álvaro Duboc, segundo ele, a medida contribuiu para o aumento no número de pedidos de aposentadoria.

Apesar da reforma da previdência ter inflamado o processo de solicitude de aposentadoria, o quadro já era esperado, pois na última avaliação do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado, constatou se que um total de 33.914 servidores do Espírito Santo, atingiram as exigências para requerer a aposentadoria até o final de 2019.

Vale ressaltar que os servidores municipais e estaduais não foram contemplados no texto principal da reforma da previdência.

Contudo, podem ser incluídos em uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela no Senado,  tal fato teria motivado parte dos servidores a solicitarem o pedido de aposentadoria.

Siga-nos nas Redes Sociais para ficar por dentro de todas as novidades do mundo dos concursos públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *